Para evitar o assédio, beija-flores fêmeas se “disfarçam” de machos

O macho do beija-flor azul de rabo branco (Florisuga mellivora) – encontrado principalmente no norte do Brasil e em outros países da América Latina – apresenta penas azuis e verdes brilhantes, além de penas brancas em sua barriga. Já a fêmea da espécie é totalmente diferente: bem mais discreta, ela apresenta coloração verde acinzentada. Ou, pelo menos, costuma apresentar.

É que um novo estudo mostrou que quase 30% das fêmeas se disfarçam e apresentam plumagem parecida com a dos machos. Os cientistas perceberam que isso é um truque: exibindo penas mais extravagantes, elas são bem menos importunadas pelo assédio de sua contraparte.

A plumagem das aves é peça importante na hora do acasalamento – que pode ser um estorvo para as fêmeas, que precisam lidar com investidas insistentes. Mas uma espécie latina descobriu como contornar o problema.

Para evitar o assédio, beija-flores fêmeas se “disfarçam” de machos

publicado originalmente em superinteressante

2 respostas para “Para evitar o assédio, beija-flores fêmeas se “disfarçam” de machos”

✨🌻