Assista a “Biquini Cavadão – Vento Ventania (Ao Vivo)” no YouTube

🌬️ Vento ventania 🌬️

Vento, ventania, me leve para as bordas do céu
Eu vou puxar as barbas de Deus
Vento, ventania, me leve para onde nasce a chuva
Pra lá de onde o vento faz a curva

Me deixe cavalgar nos seus desatinos
Nas revoadas, redemoinhos
Vento, ventania, me leve sem destino

Quero juntar-me a você e carregar os balões pro mar
Quero enrolar as pipas nos fios
Mandar meus beijos pelo ar

Vento, ventania,
Me leve pra qualquer lugar
Me leve para qualquer canto do mundo
Ásia, Europa, América

Vento, ventania, me leve para as bordas do céu
Pois vou puxar as barbas de Deus
Vento, ventania, me leve para os quatro cantos do mundo
Me leve pra qualquer lugar

Me deixe cavalgar nos seus desatinos
Nas revoadas, redemoinhos
Vento, ventania, me leve sem destino

Quero mover as pás dos moinhos
E abrandar o calor do sol
Quero emaranhar o cabelo da menina
Mandar meus beijos pelo ar

Vento, ventania,
Me leve pra qualquer lugar
Me leve para qualquer canto do mundo
Ásia, Europa, América (eh eh)

Me deixe cavalgar nos seus desatinos
Nas revoadas, redemoinhos
Vento, ventania, me leve sem destino

Quero juntar-me a você e carregar os balões pro mar
Quero enrolar as pipas nos fios
Mandar meus beijos pelo ar

Vento, ventania, agora que estou solto na vida
Me leve pra qualquer lugar
Me leve mas não me faça voltar

Me leve mas não me faça voltar
Me leve mas não me faça não
Vento, ventania
Vento, ventania
Oh oh, me leve mas não me faça voltar

✨✨Fonte: LyricFind

Compositores: Alvaro Prieto Lopes / Bruno Leonardo Brugni Nunes / Carlos Augusto Pereira Coelho / Carlos Beni Carvalho De Oliveira / Elsio Da Silva / Miguel Flores Da Cunha

Letra de Vento Ventania © Universal Music Publishing Group

imagens do WordPress

O Rio e o Oceano…por Osho

“Diz-se que, mesmo antes de um rio cair no oceano ele treme de medo.
Olha para trás, para toda a jornada, os cumes, as montanhas,o longo caminho sinuoso através das florestas, através dos povoados, e vê à sua frente um oceano tão vasto que entrar nele nada mais é do que desaparecer para sempre.
Mas não há outra maneira. O rio não pode voltar.
Ninguém pode voltar. Voltar é impossível na existência.

Você pode apenas ir em frente.
O rio precisa se arriscar e entrar no oceano.
E somente quando ele entra no oceano é que o medo desaparece.
Porque apenas então o rio saberá que não se trata de desaparecer no oceano, mas tornar-se oceano.
Por um lado é desaparecimento e por outro lado é
renascimento.


Assim somos nós.
Só podemos ir em frente e arriscar.
Coragem! Avance firme e torne-se Oceano! “

🌷Osho

imagens do WordPress

Coloridamente…por Mágica Mistura

“Nossa mente é uma aquarela. Um lugar que pode ser mágico e colorido, ou desbotado e dolorido. Cada vez que o fantasma da dúvida vier te atormentar, permita-se preencher seus pensamentos com bons sentimentos, vibrações, lembranças felizes. Ponha uma música que ama e ponha-se a dançar, vibre Gratidão e o Universo te responderá com bençãos infinitas.”

Mágica Mistura

imagens do WordPress

Agora…por Mágica Mistura

“⁠Deixe as estradas se encontrarem

O olhar se cruzar, o tempo parar

Esqueça a hora, as contas, as novas

Sinta com a pele, libere a alma pra sonhar

Chega de perder tempo fazendo planos

Temos o agora, e é isso

O momento presente é para ser vivido

Já sei, vem…

Deixa teus pés cruzarem a ponte

Explore tudo que o caminho têm a oferecer

Pise firme, role frouxo

De mãos dadas e dedos cruzados

Olhar nas estrelas, peito aberto

Espírito leve, sorriso no rosto

E nada mais.”

Mágica Mistura

imagens do WordPress

“Recado da Mãe Divina”

🌷 Recado da Mãe Divina

Vem surgindo um novo tempo
Traz glórias do divino
Mais puros e atentos
Nos tornamos canais do infinito

Vem surgindo um novo tempo
Traz glórias do divino
Mais puros e atentos
Nos tornamos canais do infinito

Mãe divina eu quero ser
Um filho realizado
E é perante o seu poder
Que me entrego pra se libertado

Mãe divina eu quero ser
Um filho realizado
E é perante o seu poder
Que me entrego pra se libertado

Como um rio que corre para o mar
Correntezas carregam o medo
Confiança para atravessar
A fronteira do eu derradeiro

Como um rio que corre para o mar
Correntezas carregam o medo
Confiança para atravessar
A fronteira do eu derradeiro

Não há desculpas para se escorar
Já foi dito, e a hora é essa
O tempo é de se integrar
Abraçando o que ainda resta

Não há desculpas para se escorar
Já foi dito, e a hora é essa
O tempo é de se integrar
Abraçando o que ainda resta

Eu estou morrendo para o passado
E nem anseio pelo futuro
Minha coroa tem brilho dourado
Provo o néctar do amor maduro

Estou morrendo para o passado
E nem anseio pelo futuro
Minha coroa tem brilho dourado
Provo o néctar do amor maduro

Fonte: Musixmatch

Composição: Chandra Lacombe

imagens do WordPress

Assista a “Chico Buarque – “Paratodos” – Chico: Artista Brasileiro” no YouTube

Paratodos 🌹

O meu pai era paulista

Meu avô, pernambucano

O meu bisavô, mineiro

Meu tataravô, baiano

Meu maestro soberano

Foi Antonio Brasileiro

Foi Antonio Brasileiro

Quem soprou esta toada

Que cobri de redondilhas

Pra seguir minha jornada

E com a vista enevoada

Ver o inferno e maravilhas

Nessas tortuosas trilhas

A viola me redime

Creia, ilustre cavalheiro

Contra fel, moléstia, crime

Use Dorival Caymmi

Vá de Jackson do Pandeiro

Vi cidades, vi dinheiro

Bandoleiros, vi hospícios

Moças feito passarinho

Avoando de edifícios

Fume Ary, cheire Vinícius

Beba Nelson Cavaquinho

Para um coração mesquinho

Contra a solidão agreste

Luiz Gonzaga é tiro certo

Pixinguinha é inconteste

Tome Noel, Cartola, Orestes

Caetano e João Gilberto

Viva Erasmo, Ben, Roberto

Gil e Hermeto, palmas para

Todos os instrumentistas

Salve Edu, Bituca, Nara

Gal, Bethania, Rita, Clara

Evoé, jovens a vista

O meu pai era paulista

Meu avô pernambucano

O meu bisavô, mineiro

Meu tataravô baiano

Vou na estrada há muitos anos

Sou um artista brasileiro

🌹Fonte: Musixmatch

Compositor : Francisco Buarque De Hollanda

imagens do WordPress

%d blogueiros gostam disto: