Planta que vive milhares de anos tem seus segredos genéticos revelados

O inóspito Deserto da Namíbia, no sudoeste africano, é o lar de uma planta bastante curiosa chamada tumboa. Ela impressiona os cientistas desde sua descoberta em 1859 porque, diferente de outras plantas características de climas áridos, ela cultiva grandes folhas verdes que ficam expostas ao sol. 

Mas outra grande questão é a longevidade da planta, que pode viver por cerca de dois mil anos. Na língua africâner, por exemplo, a tumboa tem o comprido nome de “tweeblaarkanniedood”, que significa “duas folhas que não podem morrer”. (Isso mesmo, até duas folhas partem do tronco da planta. Com o passar do tempo, e pela ação dos ventos secos do deserto, elas se rompem em várias tiras e se enrolam.)

A longevidade extrema da tumboa – também chamada pelo nome científico de Welwitschia – levou uma equipe de pesquisadores a estudar seu genoma. Os resultados foram publicados recentemente na revista Nature Communications.

Cientistas estudaram a tumboa, planta característica do Deserto da Namíbia, para tentar entender sua longevidade extrema.

Planta que vive milhares de anos tem seus segredos genéticos revelados

publicado originalmente em superinteressante

✨🌻