Pela primeira vez, astrônomos detectam vapor d’água na lua Ganimedes de Júpiter

Nesta segunda-feira (27), pesquisadores da NASA anunciaram a detecção de vapor d’água na lua Ganimedes, a maior do planeta Júpiter e de todo o Sistema Solar. Em comunicado, a agência espacial explicou que o vapor é proveniente da sublimação do gelo presente na superfície do satélite. 

Os dados foram obtidos pelo telescópio espacial Hubble, em atividade desde 1990. Ele capturou as primeiras imagens ultravioleta (UV) de Ganimedes em 1998, as quais revelaram a presença de oxigênio molecular (O2) na atmosfera lunar. Mas os cientistas perceberam que algumas características não correspondiam àquelas esperadas numa atmosfera de O2 puro. Na época, os pesquisadores assumiram que grandes concentrações de oxigênio atômico (O) na atmosfera estavam causando esta divergência.

A oscilação de temperatura no satélite parece estar levando à sublimação do gelo presente em sua superfície. A observação complementa estudos sobre a atmosfera de Ganimedes.

Pela primeira vez, astrônomos detectam vapor d’água na lua Ganimedes de Júpiter

publicado originalmente em superinteressante

Que horas são ?!…

Passou que nem vi

Ou então parece 

Que faz tanto tempo

Pesadelo sem fim…

É tudo contraditório

Incongruente, inconsequente

Que até o sentido ficou alterado

Assim como alterado está o humor

Os valores,os quereres,os poderes

Ei,que horas são?!

De partir ou de chegar

Se iludir ou despertar

Tu o sabes,eu bem sei

Que a hora é de mudança 

Outro olhar, caminho,rumo

Banhar-se de alívio

Expurgar o que nos fere

Sair de cabeça erguida

Mesmo com o rosto coberto

Cobrar de volta o que foi negado

A liberdade e esperança

O riso franco,a vida branda

Que horas são?!

É melhor ” já ir” dando o fora

Cara feia,palavras torpes

Ódio gratuito , trevoso ser

O sol vai raiar deslumbrante

Com raios vermelhos

O povo todo feliz

Abraçando o país

Em um novo amanhecer…

imagens da internet

Corredor migratório de baleias-jubartes no litoral carioca é alvo de cientistas

Três expedições em alto mar devem ser realizadas este ano para registrar a «fila indiana» de jubartes rumo ao Nordeste brasileiro Crédito: Liliane Lodi

A temporada de migração das baleias jubarte teve início com muitos registros de indivíduos no litoral carioca em meados de junho, incluindo as praias da zona sul. Mas, essa é apenas […]

Corredor migratório de baleias-jubartes no litoral carioca é alvo de cientistas

publicado originalmente em blog do pedlowski