Estudo mostra efetividade da vacina da AstraZeneca e da Coronavac

Meses após o início da vacinação contra o coronavírus, a diferença que os imunizantes fazem na vida real está ficando mais clara. Uma análise de cerca de 60 milhões de brasileiros que receberam as duas doses da vacina Vaxzevria, da AstraZeneca, e da Coronavac, concluiu que ambas apresentam proteção de ao menos 70% contra mortes e internações.

Os achados condizem com os de uma pesquisa anterior, feita pela Fiocruz. Outra revelação importante é que pessoas com mais de 90 anos tiveram respostas menos animadoras, o que já é esperado para essa faixa etária e pode interferir na campanha de prevenção da Covid-19.

estudo em pré-print (ainda não revisado por outros especialistas ou publicado em periódicos científicos) foi conduzido por pesquisadores das universidades federais da Bahia e de Ouro Preto (UFBA e UFOP), da Universidade de Brasília (UnB), da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), da London School of Hygiene & Tropical Medicine e da Fiocruz.

Dados de 60 milhões de brasileiros comprovam que os dois imunizantes contra Covid-19 funcionam, mas corroboram necessidade da terceira dose em idosos

Estudo mostra efetividade da vacina da AstraZeneca e da Coronavac

publicado originalmente em Veja saúde

2 respostas para “Estudo mostra efetividade da vacina da AstraZeneca e da Coronavac”

  1. Estamos absolutamente desvalidos. Hay estudios para todos los gustos,…por qué no nos dan acceso a lo más veraz y contrastado para poder actuar con más conocimiento. Lo peor es que quizás ni “ellos” saben nada un una certeza aceptable….

✨🌻