Assista a “PFIZER CONFIRMA: CARLOS BOLSONARO PARTICIPOU DE REUNIÃO SOBRE VACINA | CPI DA COVID” no YouTube

Mais um surpreendente dia na CPI da covid… só que não!

Cada dia aparece mais sujeira do governo, algumas graves demais até para fazer piada…

É a Tvafiada…

imagens do WordPress

Assista a “Bolsonaro: palhaçadas ou ameaça real? Tiroteio no RJ: massacre imprevisível? Queiroga e Al Capone!” no YouTube

Parece que a sucessão de absurdos se reproduz ao infinito…

Cada dia uma ameaça,um abuso,uma afronta aos direitos humanos.

“O amor de muitos se esfriará”…diz a Bíblia,me pergunto,o que faremos para que o nosso não esfrie?!

Um vídeo relevante do Professor José,para refletirmos.

imagens do Pinterest

A nova vacina contra a dengue que pode ser aprovada no Brasil

Em estudo, essa vacina reduziu em 90% as hospitalizações. Se aprovada, ela pode se tornar a primeira a ser usada em larga escala contra a dengue.

A farmacêutica Takeda solicitou à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o registro de uma nova vacina contra a dengue. A TAK-003 é feita com uma versão modificada do vírus vivo atenuado e protege contra os quatro sorotipos da doença.

A nova vacina contra a dengue que pode ser aprovada no Brasil

publicado originalmente em Veja

Vacina de Oxford contra a malária atinge 77% de eficácia em testes preliminares

O imunizante é o primeiro a alcançar a eficácia almejada pela OMS. Entenda por que é tão difícil desenvolver uma vacina contra a doença que mata 400 mil pessoas por ano.

A malária é uma das doenças infecciosas que mais mata no mundo. Em 2019, ela foi responsável por 229 milhões de casos e 409 mil mortes, segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS). 94% dos casos ocorreram no continente africano, e 67% das vítimas foram crianças com menos de 5 anos de idade.  Uma vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford pode ser o maior avanço no combate à doença para os próximos anos. O imunizante apresentou 77% de eficácia em testes clínicos. 

Vacina de Oxford contra a malária atinge 77% de eficácia em testes preliminares

publicado originalmente em superinteressante

Alzheimer é ligado a maior risco de morte de Covid-19, não importa a idade

Estudo brasileiro firma um elo entre doenças neurodegenerativas que causam demência e casos mais graves de Covid-19. O que explicaria isso?

Doenças neurodegenerativas que causam demência estão associadas a um maior risco de casos graves e mortes de Covid-19. No caso de pacientes com Alzheimer, essa probabilidade chega a ser três vezes maior. 

Alzheimer é ligado a maior risco de morte de Covid-19, não importa a idade

publicado originalmente em Veja saúde