Agora é lei: tatuagens e piercings em animais rendem até 3 anos de prisão

Sancionada pelo governador em exercício, Cláudio Castro, a medida, publicada no Diário Oficial, visa a preservação da saúde e bem-estar dos bichinhos.

O governador em exercício Cláudio Castro sancionou a lei que proíbe tatuagens e piercings em animais domésticos e silvestres. A partir de agora, aqueles que forem flagrados cometendo maus-tratos responderão na Justiça sob pena de até três anos de prisão. A medida foi publicada no Diário Oficial desta terça (20). Segundo o governador, a medida busca a preservação da saúde e bem-estar dos animais.

Agora é lei: tatuagens e piercings em animais rendem até 3 anos de prisão

publicado originalmente em Veja Rio

2 respostas para “Agora é lei: tatuagens e piercings em animais rendem até 3 anos de prisão”

✨🌻