Sarna humana: o que é, como identificar e prevenir?

No início de outubro, o estado de Pernambuco registrou um aumento nos casos de coceira e feridas na pele, que geraram a desconfiança de se tratar da escabiose, popularmente conhecida como sarna humana. Uma investigação da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) revelou que o verdadeiro culpado não era o ácaro causador da sarna, mas as asas de uma mariposa.

De acordo com a nota técnica divulgada pela entidade no início de dezembro, a reprodução das mariposas do gênero Hylesia é comum nesta época do ano e podem causar as dermatites vistas no Nordeste do país.

Ao se debaterem contra os focos de luz, os animais liberam “cerdas corporais minúsculas que penetram profundamente na pele humana e causam a intensa dermatite observada”, destacam os especialistas.

+ LEIA TAMBÉM: Dermatite atópica ainda gera estigmas

Ainda segundo a entidade, a hipótese de se tratar da escabiosa era “absurda”, visto que a forma de transmissão é diferente, bem como a distribuição e o aspecto das lesões cutâneas eram distintos. “Nenhum ácaro foi achado em muitas amostras de exame direto e exames histopatológicos [análise dos tecidos]”, completa a nota.

Doença é causada por ácaro e tratamento envolve pomadas, sabonetes e reforço nas medidas de higiene

Sarna humana: o que é, como identificar e prevenir?

publicado originalmente em Veja saúde

Uma resposta para “Sarna humana: o que é, como identificar e prevenir?”

✨🌻

%d blogueiros gostam disto: