Colonização extinguiu metade das cobras e lagartos de arquipélago no Caribe

A partir de fósseis, pesquisadores analisaram a perda de biodiversidade das ilhas de Guadalupe. A queda no número de espécies coincide com a chegada dos franceses no século 17.

Uma pesquisa publicada na última quarta-feira (19) mostrou que a perda da biodiversidade em Guadalupe, no Caribe, é muito maior do que se acreditava. A partir do estudo de fósseis, cientistas puderam analisar o histórico da biodiversidade da região e perceberam que uma extinção de 50% a 70% das espécies de cobras e lagartos aconteceu após a chegada dos colonizadores europeus, no século 17.

Colonização extinguiu metade das cobras e lagartos de arquipélago no Caribe

publicado originalmente em superinteressante

✨🌻