Paracetamol deve ser usado com cautela na gestação, alertam pesquisadores

Mulheres grávidas devem tomar cuidado com o paracetamol, priorizando a menor dose eficaz, pelo tempo mais curto possível, e apenas sob orientação médica. Apesar de ser visto como seguro durante a gestação, uma nova recomendação alerta para possíveis danos ao desenvolvimento do bebê.

Pesquisadores dos Estados Unidos, países da Europa e Brasil divulgaram uma declaração de consenso no periódico Nature Reviews Endocrinology no qual revisam estudos publicados nos últimos 25 anos e que associam a medicação a eventos adversos.

O uso da droga foi associado a um risco aumentado de problemas no neurodesenvolvimento da criança, como Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH)Transtorno do Espectro Autista (TEA) e problemas na aquisição de linguagem, além de malformações genitais, com problemas reprodutivos e até infertilidade.

Embora os estudos não sejam conclusivos e não comprovem uma ação direta do paracetamol, as evidências observadas foram consideradas suficientes para que o alerta fosse emitido, segundo Anderson Martino Andrade, professor do Departamento de Fisiologia da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e um dos autores do consenso, divulgado no fim de setembro.

Apesar de ser isento de prescrição, uso inadequado do medicamento pode afetar o desenvolvimento do bebê, segundo novo consenso científico

Paracetamol deve ser usado com cautela na gestação, alertam pesquisadores

publicado originalmente em Veja saúde

2 respostas para “Paracetamol deve ser usado com cautela na gestação, alertam pesquisadores”

✨🌻

%d blogueiros gostam disto: