O mito dos cérebros masculino e feminino

Em entrevista, a neurocientista Gina Rippon demole a ideia de que os homens são cognitivamente superiores.

Apesar de ter estudado em colégio católico, que preparava as alunas para serem freiras ou donas de casa, a inglesa Gina Rippon nunca se imaginou fazendo outra coisa da vida que não fosse a neurociência. Prova disso é que, quando criança, seus pais lhe pegaram dissecando a cabeça de um ursinho de pelúcia para estudar seu “cérebro”. 

O mito dos cérebros masculino e feminino

publicado originalmente em Veja saúde

✨🌻