Invasão dos livros: posto da PM é transformado em biblioteca comunitária

Desativado pela polícia, o espaço foi transformado durante a pandemia para promover cultura e lazer na comunidade de Antares, Zona Oeste do Rio.

Um posto desativado da Polícia Militar na comunidade de Antares, Zona Oeste do Rio, foi a oportunidade que o escritor Jessé Andarilho, criado no local, encontrou para criar um espaço comunitário de incentivo à leitura.

Invasão dos livros: posto da PM é transformado em biblioteca comunitária

publicado originalmente em Veja

✨🌻