Lixo.

Gosto de falar de magia

Amo falar da natureza,

De fadas, duendes

Gnomos e bruxas

Adoro sentir a vida no rosto

O vento nos cabelos

A areia nos pés

Sonhar,sim…

Também vivo a sonhar

Mas, está difícil…cada dia mais

A realidade bate forte

Estilhaça a ternura,quebra a beleza

O grotesco têm se sobreposto

O vulgar,o ignóbil têm se sobressaido

O dia a dia é tentar superar

Separar, discernir

O aproveitável,do lixo

Mas o lixo se acumula

E eu retiro,e ele volta

Cada dia mais bizarro

Indefensável,rude,calhorda

Ah,como dizem…

Eu era feliz e não sabia…

Mas uma coisa eu sei

Lugar de lixo é na Geena

Longe de nós,humanos

Ardendo, sumindo

Deixando seus nomes,

Junto a outros execráveis

No lixo da história.

🖤

ps: desculpem o desabafo 😔

imagens do WordPress

9 respostas para “Lixo.”

✨🌻