Assista a “Oswaldo Montenegro – Taximetro (DVD 25 Anos Ao Vivo)” no YouTube

🚕 Taxímetro

Eu tava andando na rua
Chovia tava calor
Como um taxímetro o olhar registrava
E me cobrava tudo o que já passou

E você, me odeie e eu entendo
E Deus passou lutado por nós
Não, não esqueça que a cabeça abandonou minha voz

A gente andou pela lua
Mas nunca andou de metrô
Eu só estranhava quando te via nua
E preferia de vestido bordô

E você me odeie e eu entendo
E Deus, passou lutado por nós
Não, não esqueça que a cabeça abandonou minha voz

Tava andando na rua
Chovia e tava calor
Como um taxímetro o olhar registrava
E me cobrava tudo o que já passou

E você me odeie e eu entendo
E Deus, passou lutado por nós
Não, não esqueça que a cabeça abandonou minha voz

A gente andou pela lua
Mas nunca andou de metrô
Eu só estranhava quando te via nua
E preferia de vestido bordô

E você me odeie e eu entendo
E Deus, passou lutado por nós
Não, não esqueça que a cabeça abandonou minha voz

🚕Fonte: Musixmatch

Compositores: Oswaldo Montenegro / Arlindo Carlos Silva Da Paixao

Letra de Taxímetro © Warner/chappell Edicoes Musicais Ltda

imagens do Pinterest

✨🌻