Síndrome pós-Covid: como detectar e tratar os sintomas mais persistentes

As sequelas do coronavírus podem afetar a qualidade de vida e até ameaçar a vida. Entenda por que, mesmo após a cura, nenhum mal-estar deve ser menosprezado

Síndrome pós-Covid: como detectar e tratar os sintomas mais persistentes

publicado originalmente em veja saúde

7 respostas para “Síndrome pós-Covid: como detectar e tratar os sintomas mais persistentes”

  1. Aqui em casa tivemos os 4 a Covid no ano passado. As sequelas ficam durante muito tempo. O meu filho é asmático e, ainda hoje, toma cortisona todos os dias. O cansaço tarda em desaparecer e o olfato e o gosto tardam em reaparecer.

✨🌻