Tigres dentes-de-sabre podem ter mantido os caninos escondidos dentro da boca

Quando você pensa em um tigre dentes-de-sabre, a imagem que vem à sua cabeça é a de um felino com dentes assustadores que, de tão compridos, não cabem na boca. Geralmente, as representações artísticas do animal pré-histórico são assim – mas talvez estejam erradas.

Essa foi a conclusão de um estudo publicado na revista Quaternary Science Reviews. Seus autores defendem que ao menos uma espécie de tigre dentes-de-sabre (a Homotherium latidens, extinta há 10 mil anos) mantinha seus caninos escondidos quando estava de boca fechada.

A investigação partiu de um insight do paleoartista Mauricio Antón, um dos autores do estudo. Em 2016, ele estava assistindo a um vídeo que havia feito no delta do rio Okavango (Botsuana), em que um leão bocejava. Então, ele percebeu: “O lábio inferior estava se contraindo enquanto a boca se fechava. E, antes que ela se fechasse por completo, o lábio envolvia a ponta dos caninos.”

Aquela imagem clássica, de um tigre pré-histórico com dentões que se projetam para fora da boca, talvez não seja realista. É o que afirma um novo estudo, que analisou a anatomia de várias espécies de felino.

Tigres dentes-de-sabre podem ter mantido os caninos escondidos dentro da boca

publicado em superinteressante

Coloridamente…por Mágica Mistura

“Nossa mente é uma aquarela. Um lugar que pode ser mágico e colorido, ou desbotado e dolorido. Cada vez que o fantasma da dúvida vier te atormentar, permita-se preencher seus pensamentos com bons sentimentos, vibrações, lembranças felizes. Ponha uma música que ama e ponha-se a dançar, vibre Gratidão e o Universo te responderá com bençãos infinitas.”

Mágica Mistura

imagens do WordPress

Agora…por Mágica Mistura

“⁠Deixe as estradas se encontrarem

O olhar se cruzar, o tempo parar

Esqueça a hora, as contas, as novas

Sinta com a pele, libere a alma pra sonhar

Chega de perder tempo fazendo planos

Temos o agora, e é isso

O momento presente é para ser vivido

Já sei, vem…

Deixa teus pés cruzarem a ponte

Explore tudo que o caminho têm a oferecer

Pise firme, role frouxo

De mãos dadas e dedos cruzados

Olhar nas estrelas, peito aberto

Espírito leve, sorriso no rosto

E nada mais.”

Mágica Mistura

imagens do WordPress

Cientistas descobrem que ave mumificada há 1,5 mil anos é um íbis-sagrado

Há mais de 200 anos, múmias de todo tipo chegam à Universidade Cornell (Estados Unidos) para integrar coleções de antropologia – mas nem todos os artefatos são imediatamente estudados. É o caso de um embrulho de linho armazenado dentro de uma caixa com o rótulo “múmia de falcão”.

A indicação está errada, e a múmia é, na verdade, um íbis sagrado. Foi o que descobriu Carol Anne Barsody, pesquisadora da universidade que recentemente começou a investigar o pacote misterioso usando várias tecnologias para espiar o que há por baixo dos panos sem danificar a múmia.

“Grande parte da arqueologia é destrutiva”, afirma Frederic Gleach, professor que ajudou Barsody em seu estudo. “Uma vez que você escavou algo, não há como ‘desescavar’. Depois de desembrulhar uma múmia, não há como montá-la novamente.”

Embrulho guardado em universidade americana não era o que se pensava; pesquisadores espiaram o interior da múmia misteriosa sem danificá-la. Confira.

Cientistas descobrem que ave mumificada há 1,5 mil anos é um íbis-sagrado

publicado em superinteressante

%d blogueiros gostam disto: