Agora…por Mágica Mistura

“⁠Deixe as estradas se encontrarem

O olhar se cruzar, o tempo parar

Esqueça a hora, as contas, as novas

Sinta com a pele, libere a alma pra sonhar

Chega de perder tempo fazendo planos

Temos o agora, e é isso

O momento presente é para ser vivido

Já sei, vem…

Deixa teus pés cruzarem a ponte

Explore tudo que o caminho têm a oferecer

Pise firme, role frouxo

De mãos dadas e dedos cruzados

Olhar nas estrelas, peito aberto

Espírito leve, sorriso no rosto

E nada mais.”

Mágica Mistura

imagens do WordPress

Assista a “Chico Buarque – “Paratodos” – Chico: Artista Brasileiro” no YouTube

Paratodos 🌹

O meu pai era paulista

Meu avô, pernambucano

O meu bisavô, mineiro

Meu tataravô, baiano

Meu maestro soberano

Foi Antonio Brasileiro

Foi Antonio Brasileiro

Quem soprou esta toada

Que cobri de redondilhas

Pra seguir minha jornada

E com a vista enevoada

Ver o inferno e maravilhas

Nessas tortuosas trilhas

A viola me redime

Creia, ilustre cavalheiro

Contra fel, moléstia, crime

Use Dorival Caymmi

Vá de Jackson do Pandeiro

Vi cidades, vi dinheiro

Bandoleiros, vi hospícios

Moças feito passarinho

Avoando de edifícios

Fume Ary, cheire Vinícius

Beba Nelson Cavaquinho

Para um coração mesquinho

Contra a solidão agreste

Luiz Gonzaga é tiro certo

Pixinguinha é inconteste

Tome Noel, Cartola, Orestes

Caetano e João Gilberto

Viva Erasmo, Ben, Roberto

Gil e Hermeto, palmas para

Todos os instrumentistas

Salve Edu, Bituca, Nara

Gal, Bethania, Rita, Clara

Evoé, jovens a vista

O meu pai era paulista

Meu avô pernambucano

O meu bisavô, mineiro

Meu tataravô baiano

Vou na estrada há muitos anos

Sou um artista brasileiro

🌹Fonte: Musixmatch

Compositor : Francisco Buarque De Hollanda

imagens do WordPress

Assista a “Café (duplo) – A Cura (Ora pro Nobis)” no YouTube

A Cura 🍀

Invoque a chama azul
Trazendo a paz, tua proteção
A gente só fica doente
Porque se esquece da tal gratidão

Toda doença tem fonte na mente
Mas essa é mortal
Esquece que a gente é pra sempre
Que a essência tá acima do bem e do mal

Mesmo que alguém não entenda
Hoje viemos mostrar
Doença é a gente que inventa
E a gente é que pode sanar

Mesmo que alguém não entenda
Podemos regenerar
Pois sei que a corda arrebenta
Só se a luz apagar

Eu vou, eu vou, eu vou cantar
Pra iluminar
Eu vou, eu vou, eu vou cantar
Pra despertar

Laiá laiá
Laiá laiá

Invoque a chama azul
Trazendo a paz, tua proteção
A gente só fica doente
Porque se esquece da tal gratidão

Toda doença tem fonte na mente
Mas essa é mortal
Esquece que a gente é pra sempre
Que a essência tá acima do bem e do mal

Mesmo que alguém não entenda
Hoje viemos mostrar
Doença é a gente que inventa
E a gente é que pode sanar

Mesmo que alguém não entenda
Podemos regenerar
Pois sei que a corda arrebenta
Só se a luz apagar

Eu vou, eu vou, eu vou cantar
Pra iluminar
Eu vou, eu vou, eu vou cantar
Pra despertar

Eu vou, eu vou, eu vou cantar
Pra iluminar
Eu vou, eu vou, eu vou cantar
Pra despertar

Laiá laiá
Laiá laiá

Eu vou, eu vou, eu vou cantar
Eu vou, eu vou, eu vou cantar

Eu vou, eu vou, eu vou cantar
Pra iluminar
Eu vou, eu vou, eu vou cantar
Pra despertar

Pra iluminar

Pra despertar

🍀Fonte: Musixmatch

imagens do WordPress

%d blogueiros gostam disto: