Variante Lambda: o que sabemos sobre ela até agora?

Enquanto o mundo observa o avanço da variante Delta do Sars-CoV-2, o vírus da Covid-19, uma outra variante, a Lambda, também tem chamado a atenção. Detectada pela primeira vez no Peru, em dezembro do ano passado, ela é responsável, hoje, por 80% dos casos da doença por lá – além de ter se espalhado para outros 30 países.

Atualmente, a variante Lambda preocupa especialistas e autoridades, principalmente em territórios da América do Sul – e uma série de estudos tem sido feita para descobrir mais detalhes sobre a nova cepa – e o que esperar dela.

A nova cepa do coronavírus surgiu no final de 2020 e, desde então, tem se espalhado pela América do Sul. Saiba quais os possíveis riscos que ela oferece – e se as vacinas atuais podem nos proteger.

Variante Lambda: o que sabemos sobre ela até agora?

publicado originalmente em superinteressante

Empresa holandesa tenta desenvolver “bafômetro” para detectar Covid-19

Aparelho mede o nível de compostos orgânicos na expiração, que supostamente muda quando a pessoa está com a doença; técnica será testada em 3.500 pessoas.

O exame PCR, usado para a detecção do Sars-CoV-2, não é a coisa mais confortável do mundo. Nele, um grande cotonete estéril é enfiado nas narinas e garganta do paciente para retirar amostras de secreções, que são posteriormente analisadas para dar o diagnóstico da doença. Mas uma empresa holandesa chamada Breathomix tenta desenvolver uma alternativa: o SpiroNose, um “bafômetro” de Covid-19.

Empresa holandesa tenta desenvolver “bafômetro” para detectar Covid-19

publicado originalmente em superinteressante

Vida que segue 🖤

Alguém me explica

Como não chorar, não lamentar

Por favor me ensinem

A continuar como se nada fosse

Não estou dando conta

A poesia ajuda,

Temo não ser suficiente

Aonde deixamos a nossa lucidez?

Em que triste notícia

Abandonamos o amor

Desde quando conseguimos comer

Dormir,sorrir, trabalhar

Como se pilhas de cidadãos

Ora mortos em vida

Ora por Covid mortos

Não se amontoassem

Pilhas,e pilhas horrendas

Bem aqui ao lado?

Desde quando container

É lugar de cadáver…

Médicos pedindo socorro

Pelo amor de Deus…

É banal,comum, normal?

Não, não dá mais

E a economia?

Economia só se for de bondade

Caridade, valores humanos

Mais uma semana…

Tem os que negam, os que se omitem

Não quero de maneira nenhuma

Fazer parte do segundo grupo

Clamo apenas para que possamos

Parar de fingir

E encarar o que urge

Consciência, misericórdia

Senão, literalmente

Não haverá leitos

Nem covas,nem vida

Não sobrará nada.

imagens do WordPress