O fim…por Mário Quintana

“No fim tu hás de ver que as coisas mais leves são as únicas
que o vento não conseguiu levar:
um estribilho antigo
um carinho no momento preciso
o folhear de um livro de poemas
o cheiro que tinha um dia o próprio vento…”

Mario Quintana

Esvoaçante 🌼

Folhas ao vento

Cortinas dançando frenéticas

Aqui e ali uma pena no turbilhão

Segura a saia,a toalha,a sacola

Lá passou outra rajada

As árvores quase tocaram o chão

A lagoa virou mar

Revolta de tantas ondas

Hum, já comentei sobre o vento?

Desculpem,volta e meia falarei

Direito inclusive

A uma pequena tempestade

Redemoinho vindo,

Areia fininha…ai,ai, ai

O vento refresca,areja

Leva as sementes, espalha idéias

Outono e inverno…

Prometa Mãe Natureza,

Sei que irás cumprir

Promete,vai…

Vem mais vento por aí

No aguardo…🌬️

ambas imagens: Lagoa do Peixe Tavares RS Brasil

Brisa, vento✨🌬️

BRISA QUE BRINCA COM A RELVA

SUTIL MELODIA

ME ENTORPECE OS SENTIDOS

AMO O VENTO…ELE ME AMA

VAI E VOLTA 


TRÁS-ME LEMBRANÇAS,SUSPIROS

MEU VENTO SUL…


DIZ PRÁ MIM QUE NÃO É MIRAGEM

ME CONTA QUE É TUDO REAL

QUE MEUS INSTINTOS NÃO ME ENGANAM

ATÉ O PERFUME É PALPÁVEL…


ANTECIPO A FELICIDADE

PRESSÁGIO DE LUZ

VENHA BRISA…TE ESPERO

COM TUDO O MAIS QUE TENHAS PRÁ MIM

MINHA BRISA DO SUL…

✨✨🌬️