Da janela…por Mágica Mistura

Contemplo o céu, riscado de cinza

Olho lá fora , garoa caindo feito prata

Quem dera a vida fosse assim tão simples

Tal a paisagem que contemplo da janela

A relva verde não sabe dos dilemas cotidianos

O pássaro escondido, nem imagina…

A maldade inerente ao mundo

Quem pudesse ser a borboleta

Que de molhar as asas não têm medo

Porque quando as abre , abre todo seu universo

Esperançoso e puro…

E aposta sua breve vida

Se lançando ao momento 🦋

✨️Mágica Mistura

imagens do WordPress

2 respostas para “Da janela…por Mágica Mistura”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: