Liberdade… pelo Dalai Lama

“A opressão nunca conseguiu suprimir nas pessoas o desejo de viver em liberdade.”

🌻Dalai Lama

imagens do WordPress

Arqueólogos encontram tartaruga grávida morta na erupção do Vesúvio

Uma tartaruga grávida foi encontrada nos destroços de uma casa abandonada em Pompeia. Arqueólogos que escavavam as ruínas da cidade encontraram os restos da tartaruga de 14 centímetros de comprimento, além de seu ovo.

As descobertas adicionam novos detalhes ao entendimento do período entre 62 d.C, quando Pompeia passou por um terremoto, e 79 d.C, quando foi devastada pela erupção vulcânica. Arqueólogos descobriram o animal em uma parte da cidade que estava sendo reaproveitada para banhos públicos.

Eles acreditam que a tartaruga, da espécie Testudo hermanni, entrou em um prédio tão danificado pelo terremoto que não havia sido reconstruído; e que ela ainda não tinha colocado seu ovo quando o Vesúvio entrou em erupção. Tartarugas prendem seus ovos até encontrarem um habitat adequado para depositá-los. 

“Isso nos permite refletir sobre Pompeia nesta fase após o terremoto, mas antes da erupção, quando muitas casas estavam sendo reconstruídas, toda a cidade era um canteiro de obras e, evidentemente, alguns espaços estavam tão inutilizados que animais selvagens podiam passear, entrar e tente botar seus ovos”, relata Gabriel Zuchtriegel, diretor do sítio arqueológico de Pompeia.

A fêmea estava a procura de um lugar para botar seu ovo pouco antes da erupção, há 2 mil anos.

Arqueólogos encontram tartaruga grávida morta na erupção do Vesúvio

publicado em superinteressante

Extinção…por Rachel de Queiroz

“Quem com ferro fere… ” E o perigoso bicho homem também já vai virando animal em extinção; é o que acontece com todos os grandes carniceiros: já quase não existem leões no deserto, nem tigres de Bengala; e o mesmo sucederá conosco, que somos os mais ferozes de todos os predadores.

🌻Rachel de Queiroz

imagens do WordPress

Cintilar…por Mágica Mistura

De onde vêm teu brilho?

Das jóias que ostentas, da maquiagem

Do teu chão de mármore

Ou do relógio de grife…

Do sapato engraxado com esmero

A roupa de festa da marca famosa?

De coração eu desejo

Que teu cintilar seja gerado

Bem no fundo dos teus olhos

Quando a criança pequena suja o rosto

Que venha da chuva que molha a calçada

Fustigada dos passos apressados

Do sol que invade a janela depois de uma noite difícil

Do abraço que a natureza te dá

Sempre que você tira teus sapatos

E com amor pisa a grama macia

Te desejo de toda alma

Que cintiles com as estrelas

Que dances com os astros

E que vivas em comunhão

Com teu Universo e teu Deus!

Mágica Mistura

imagens do WordPress

%d blogueiros gostam disto: