Correnteza abaixo…por Mágica Mistura

“Que nossa fé e força de vontade sejam como a correnteza de um rio que corre para o mar… obstáculos, pedras, curvas ou cachoeiras o atrasam, mas jamais ele deixará de alcançar o oceano, seu objetivo final.”

✨ Mágica Mistura

imagens do WordPress

Assista a “Carly Simon – Coming Around Again (Official Video)” no YouTube

Coming around again 💕

Baby sneezes
Mommy pleases
Daddy breezes in
So good on paper
So romantic
But so bewildering

I know nothing stays the same
But if you’re willing to play the game
It’s coming around again
So don’t mind if I fall apart
There’s more room in a broken heart

You pay the grocer
Fix the toaster
Kiss the host Good-bye
Then you break a window
Burn the Soufflé
Scream a lullaby

I know nothing stays the same
But if you’re willing to play the game
It’s coming around again
So don’t mind if I fall apart
There’s more room in a broken heart

And I believe in love
But, what else can I do?
I’m so in love with you

I know nothing stays the same
But if you’re willing to play the game
It will be coming around again

Baby sneezes (I believe in love)
Mommy pleases (I believe in love)
Daddy breezes in (I believe in love)

I know nothing stays the same
But if you’re willing to play the game
It will be coming around again

I do believe
I do believe
I believe in love…

Coming around again
Coming around again
Nothing stays the same
But if you’re willing to play the game
It will be coming around again

I believe in love (I believe in love)
I believe in love (I believe in love)
And it’s coming around again

🌻✨✨ composição: Carly Simon

Acontecendo novamente 💕

O bebê espirra
A mamãe agrada
Papai entra de repente
É tudo tão bom na teoria
Tão romântico
Mas tão assustador

Eu sei que nada permanece a mesma coisa
Mas se você estiver disposto a jogar o jogo
Tudo pode acontecer novamente
Então não se importe se eu cair aos pedaços
Pois há mais espaço num coração partido

Você paga o vendedor
Conserta a torradeira
Dá um beijo de adeus nas vistas
Então você quebra uma janela
Queima o suflê
E grita uma canção de ninar

Eu sei que nada permanece a mesma coisa
Mas se você estiver disposto a jogar o jogo
Tudo pode acontecer novamente
Então não se importe se eu cair aos pedaços
Pois há mais espaço num coração partido

E eu acredito no amor
Mas, o que mais eu posso fazer ?
Eu sou tao apaixonada por você

Nada fica do mesmo modo
Mas se você estiver com vontade
Podemos começar tudo novamente

O bebê espirra (Eu acredito no amor)
A mamãe agrada (Eu acredito no amor)
Papai entra de repente (Eu acredito no amor)

Eu sei que nada fica a mesma coisa
Mas se você estiver com vontade
Podemos começar tudo novamente

E eu acredito
E eu acredito
E eu acredito no amor…

Acontecendo novamente
Acontecendo novamente
Nada permanece igual
Mas se você estiver disposto a jogar o jogo
Podemos começar tudo novamente

Eu acredito no amor (eu acredito no amor)
Eu acredito no amor (eu acredito no amor)
E está acontecendo de novo

✨✨✨ composição: Carly Simon

imagens do WordPress

A real do homeschooling

O governo Bolsonaro comemorou, assim como a bancada evangélica. A oposição se revoltou. O motivo das reações distintas foi a aprovação, na Câmara dos Deputados, dia 18 de maio, do projeto de lei que regulamenta o homeschooling (ou ensino domiciliar) no Brasil. O PL precisou incluir uma alteração no Código Penal: por enquanto, pais que optam por educar suas crianças e adolescentes em casa, e não na escola, podem ser acusados de crime por abandono intelectual dos filhos. Até porque muitos realmente não dão conta de ensiná-los, e o avanço educacional de meninas e meninos fica comprometido.

Sim, no Brasil a lei diz que todo brasileiro de 4 a 17 anos deve frequentar uma escola. Pais que não matriculam seus filhos podem ter problemas com o conselho tutelar. O objetivo da legislação é garantir que toda criança ou adolescente tenha acesso à educação. Dentro de casa, com pais mal preparados (ou sem as mínimas condições) para ensinar, esse acesso está longe de ser garantido. 

Então por que o atual governo brigou tanto pelo direito ao homeschooling? Bolsonaro conta com o apoio dos evangélicos e toma uma série de medidas para atender às reivindicações dos políticos que falam em nome de parte desses religiosos. Em casa, sem uma educação formal, que tenha base científica, filhos de evangélicos correm o risco de receber uma formação exclusivamente baseada nos dogmas dos templos, e não nos livros didáticos. Aprender que o mundo começou com Adão e Eva, em vez de conhecer a teoria do Big Bang, por exemplo. 

Projeto de lei aprovado pelo Congresso coloca em risco educação de crianças e adolescentes, além de seu contato com um ambiente plural.

A real do homeschooling

publicado em superinteressante

Lipedema: a gordura fora de lugar

Por Thais Manarini

O nome técnico soa a algo raro e distante, mas o problema, infelizmente, não é nem um pouco incomum. Descrito pela primeira vez na medicina nos anos 1940 nos Estados Unidos, o lipedema afeta hoje uma em cada dez mulheres, o que soma cerca de 5 milhões de brasileiras. Sua face mais evidente é o acúmulo de gordura em regiões como pernas e braços — situação que também arranha a autoimagem. “Mesmo entre os profissionais de saúde, pouca gente conhece o lipedema e sabe lidar com ele”, afirma o cirurgião plástico Fabio Kamamoto, fundador e diretor do Instituto Lipedema Brasil. A entidade foi criada justamente para compartilhar informações sobre o assunto e ajudar as mulheres a procurar o tratamento adequado — e junho foi eleito o mês mundial de conscientização a respeito. Uma das confusões que esse movimento busca dissipar é achar que lipedema e obesidade são a mesma coisa. Não são! No primeiro, a gordura passa a crescer em áreas como pernas e até mesmo braços, e não na barriga, por exemplo. O quadro costuma ser bilateral e ocorrer inclusive em pessoas consideradas magras. Além da repercussão no visual, provoca outros sintomas desconfortáveis. “As queixas mais frequentes são dores, inchaço, presença de vasinhos e hematomas espontâneos na região com a gordura”, conta o angiologista e cirurgião vascular Vitor Cervantes Gornati, membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV). Em fases avançadas, pode causar sensação de peso no local, que piora com o passar do dia, limitação de mobilidade e danos ao sistema linfático. Por levar a mudanças na silhueta, o quadro é frequentemente rotulado de questão estética. Também não é! Trata-se de uma doença reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Sua inclusão na Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID) passou a vigorar em janeiro de 2022.

O lipedema, a formação anormal e progressiva de gordura em certas regiões, é confundido com a obesidade, sabota a autoestima e pouca gente sabe tratá-lo

Lipedema: a gordura fora de lugar

publicado em superinteressante

%d blogueiros gostam disto: