Mágicas Imagens ✨ ✨

Tavares RS Brasil

Crianças…por Mágica Mistura

“Nós, seres humanos, no início da nossa aventura nesta existência, nos deslumbramos com tudo, encantamo-nos com o vôo da libélula, com o sabor do algodão doce… fazemos reverência até ao tombo de bicicleta, dançamos na lama como se não houvesse amanhã… depois, engessados pela “maturidade”, tentamos fingir uma satisfação inexistente . Perda de tempo…Essa criança mágica te chama… ouça!”

Mágica Mistura

imagens do Pinterest

Dor de ouvido? Pode ser otite. Veja as causas e como agir diante do quadro

verão é, para muita gente, a estação mais esperada do ano. Tem calor, piscina, mar, férias… Mas, infelizmente, é nesse período também que algumas chatices costumam incomodar mais. Caso da otite, cujo principal sintoma é a dor de ouvido. Uma piora na audição e a sensação de entupimento também são sinais de alerta.

De acordo com a médica otorrinolaringologista Maura Neves, da Universidade de São Paulo (USP), há dois tipos de otite. A externa atinge o canal auditivo, antes do tímpano. Já a média afeta a região atrás do tímpano.

“Mas os sintomas são muito parecidos”, diz. O único ponto é que, na externa, geralmente não há febre, enquanto na otite média ela pode ou não aparecer.

“Por isso, apenas um exame médico é capaz de fechar o diagnóstico”, avisa Maura. O quadro acomete tanto adultos quanto crianças.

Por que a otite surge no verão e o que fazer diante da dor

Nessa época, banhos de piscina e mar se tornam mais comuns. E o excesso de umidade – assim como um eventual trauma na área – pode lesar a pele, permitindo a entrada de bactérias capazes de disparar uma infecção. Ou seja, a otite.

+ Leia também: Gripe: conheça os sintomas, principais tipos e como tratar

Maura alerta que sempre há riscos relacionados à automedicação. Mas, diante de uma dor forte, é possível lançar mão de analgésicos.

Outro truque para trazer alívio é realizar compressas quentes na orelha. “Mas não recomendamos pingar nada dentro dos ouvidos”, observa a médica.

Ainda segundo a otorrino da USP, na presença de sintomas, o ideal é interromper os banhos de piscina e mar e procurar o médico.

Banhos de mar ou piscina predispõem ao problema, que merece avaliação médica e cuidados específicos

Dor de ouvido? Pode ser otite. Veja as causas e como agir diante do quadro

publicado originalmente em Veja saúde