Assista a “Cyndi Lauper – Sisters of Avalon” no YouTube

🌕 Sisters do Avalon

Senti alguém me chamando no meio do vento uivante.
Felt someone calling me into the howling of the wind.

Eu ouvi o reflexo de um som ecoando pela minha pele …
I heard the reflection of a sound echoing through my skin …

E um tambor distante estrondeando sob o solo me guia suavemente …
And a distant drum rumbling under ground gently guides me on …

Através do meu coração selvagem …
Through my wild heart …

Sussurrando para mim as Irmãs de Avalon …
Whispering to me the Sisters Of Avalon…

Irmãs de Avalon … Irmãs de Avalon …
Sisters Of Avalon…Sisters Of Avalon…

Ela está despertando em ondas escuras e mistério.
She is awakening in dark swells and mystery.

Éguas noturnas desenfreadas, poderosas e correndo livremente.
Unbridled night mares powerful and running free.

Você ainda pode ouvir seus gritos reverberando por entre as árvores …
You could still hear her cries reverberating through the trees…

Pelas flores pisoteadas, as filhas de Eva, as Irmãs de Avalon …
For the trampled flowers, the daughters of Eve, the Sisters of Avalon…

Irmãs de Avalon … Irmãs de Avalon …
Sisters Of Avalon…Sisters Of Avalon…

Eles a trouxeram em um vestido branco novo …
They brought her in in a new white dress…

Mas a mancha deixou uma dor no peito da mãe …
But the stain left an ache on her mother’s breast…

Agora tudo o que resta são os passos fantasmagóricos de um corredor distante …
Now all that’s left are the ghostly steps from a distant corridor…

E um tambor distante estrondeando sob o solo me guia suavemente …
And a distant drum rumbling under ground gently guides me on …

Através do meu coração selvagem …
Through my wild heart …

Sussurrando para mim as Irmãs de Avalon …
Whispering to me the Sisters Of Avalon…

Irmãs de Avalon …
Sisters Of Avalon…

Vamos irmãs … vamos irmã …
Come on sisters…come on sister…

🌕 Fonte: LyricFind

Compositores: Cyndi Lauper / Jan Pulsford

Letra de Sisters of Avalon © Universal Music Publishing Group, Peermusic Publishing, Concord Music Publishing LLC

imagens do Pinterest

Terapia com células-tronco para pets

Tratamentos com células capazes de originar qualquer tecido do corpo, as famosas células-tronco, vêm se mostrando eficazes contra diversos problemas em animais. A terapia de regeneração celular foi regulamentada no Brasil pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária em outubro de 2020, e, de lá para cá, hospitais especializados por todo o país oferecem a tecnologia.

Dependendo da doença, o local de aplicação, o número de sessões e a quantidade de células usadas variam, mas, em geral, os procedimentos são considerados rápidos e seguros.

“Essa terapia vem proporcionando melhor qualidade de vida a bichos que antes sofriam muito”, diz Karina Mussolino, gerente técnica do Centro Veterinário Seres (SP), que trabalha com o procedimento.

Procedimento é empregado com sucesso contra algumas doenças em cães e gatos

Terapia com células-tronco para pets

publicado originalmente em Veja saúde

A Maldição do Farol ( terceira parte)

Era uma noite de tempestade e ventania como tantas outras por aqui, mas prestando mais atenção daria pra sentir que algo muito pesado pairava no ar, como que esperando o momento certo para dar o bote. Matias já havia realizado suas tarefas e preparava-se para o descanso, quando ouviu gritos de socorro vindos da lagoa, eram medonhos e doídos e pareciam de uma mulher.

Por um momento pensou que podiam ser as árvores que rangiam com a ventania, mas não, era alguém em perigo e ele saiu rapidamente para ver o que estava acontecendo. A escuridão era profunda, e apenas o brilho do farolete e os relâmpagos iluminavam a praia….ao longe, dentro da água ele pôde ver a pessoa que gritara, sim, era uma mulher, sem dúvida…Matias tirou os sapatos e se lançou á água, com desespero de salvar a moça. A água ali é rasa e em poucos metros ele já alcançava a mulher que se debatia em agonia, Matias a segura e começa a puxá-la para a praia, mas quando ela lhe vira o rosto, ele incrédulo, reconhece Mirtes, a noiva que toda cidade acredita que fugira, mas que Matias por ciúmes, havia há muitos anos assassinado e dado cabo do corpo.

A luta para se livrar das mãos que o sufocam dura poucos segundos, ela não está sozinha, alguns escravos que ainda não encontraram a liberdade continuam por ali, e eles se comprazem em auxiliar Mirtes em seu intento de vingança.


…Foi em uma tarde de primavera que eles noivaram, a cidade toda em festa com o novo casal que se anunciava. Matias seria o substituto do faroleiro que já estava prestes a se aposentar e Mirtes era muito querida por todos, cozinheira de mão cheia e com uma doçura que a todos encantava, sempre tinha uma palavra amiga a todos, sem exceção…foi exatamente essa virtude de simpatia que muitas vezes incomodou Matias, que com seu temperamento inseguro não apreciava a atenção da moça para com outras pessoas.


Um dia, um rapaz conhecido de infância de Mirtes estava muito deprimido por haver perdido os pais recentemente, e a encontrando a caminho de casa , parou para desabafar , os dois se emocionaram e trocaram um abraço fraterno. Matias assistiu a cena à distância, e pensando se tratar de traição, esperou a mulher chegar na casa dele, e sem piedade a estrangulou até a morte, depois desesperado pelo ato de ódio, lançou o corpo com uma pedra atada à lagoa, no ponto que julgou mais profundo. Na cidade, no outro dia, espalhou aos quatro ventos, chorando, que ela o abandonara por outro homem , foi para o farol e ali ficou até agora…


Pronto, está feito, Mirtes lhe estende a mão, chamando-o para seguir com ela os caminhos do além vida…mas não, Matias se recusa, está confuso e raivoso com a situação, e simplesmente volta para o farol, enquanto seu corpo inerte vai e volta ao sabor da maré. No outro dia, o primeiro pescador da manhã o encontrará, e pensando tratar-se de uma fatalidade, tudo volta ao normal no povoado. Somente muitos anos depois, quando começarem a juntar as histórias, tantas e tantas coisas estranhas acontecendo ali, o fato de praticamente nenhum faroleiro sobrar vivo ou inteiro do trabalho no local, a lenda da Maldição do Farol ganhará corpo, e depois com o passar dos anos, com o local abandonado, só os corajosos ou desavisados ficarão por ali depois que o sol se pôr…

continua…

imagens do Pinterest

Idosos brasileiros estão consumindo muito álcool, aponta estudo

Estudo conduzido na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) indica que aproximadamente um em cada quatro brasileiros (23,7%) com 60 anos ou mais consome álcool.

Além disso, 6,7% (aproximadamente 2 milhões de idosos) relatam ter ingerido no último mês várias doses em uma ocasião – padrão de consumo abusivo conhecido como binge drinking. E 3,8% (mais de 1 milhão) costumam beber, em uma semana típica, quantidades que podem colocar em risco sua saúde.

Para estimar a prevalência dos padrões de consumo de álcool da população geral idosa, o grupo da Escola Paulista de Medicina (EPM-Unifesp) fez uma análise dos dados da linha de base do Estudo Longitudinal da Saúde dos Idosos Brasileiros (ELSI-Brasil), com uma amostra de 5.432 brasileiros acima de 60 anos.

Também se buscou avaliar os padrões de consumo de álcool em idosos da atenção primária (primeiros atendimentos médicos). Para isso, foram utilizados dados da triagem inicial do ensaio clínico realizado em sete Unidades Básicas de Saúde (UBS) com 503 participantes.

Levantamento sugere que 23,7% dos brasileiros com mais de 60 anos costumam ingerir bebidas alcoólicas, sendo que 6,7% são considerados “bebedores de risco”

Idosos brasileiros estão consumindo muito álcool, aponta estudo

publicado originalmente em Veja saúde

%d blogueiros gostam disto: