Ame-se…por Oscar Wilde

“Ame a si mesmo, esse é o inicio de um amor pra vida inteira!”

❣️ Oscar Wilde

imagens do Pinterest

Nostalgia e esperança 💚💛

Houve um tempo,eu me lembro

Em que os mais humildes

Os desprezados e excluídos

Enxergaram o futuro

Experimentaram um presente

Mais leve,menos distorcido

Onde as panelas cheias, de feijão

Não tinham espaço pra fome

Onde os filhos e os pais

Podiam sonhar em ser doutor

Torneiro mecânico ou Presidente da República

Lembro que o país era admirado

Por todos e pelo mundo

Domésticas iam a Miami Beach

E os direitos trabalhistas estavam garantidos

Então veio a treva,o frustado

Derrubando tudo com sede de vingança

E uma manada alucinada

Mas alto lá, não acabou

Acontece que aqui tem teimosia

Tem sangue de índio misturado

Com todos mais que puderes imaginar

Tristes, não derrotados, continuamos

De cabeça erguida um sorriso já surge

A escuridão vai passar…o Amor vencerá

E a verdade, não a mentira deslavada

Novamente em nosso céu surgirá.

imagens do Pinterest

💚💛 Pátria, Liberdade e Verdade…por Rui Barbosa

“Três âncoras deixou Deus ao homem: o amor à pátria, o amor à liberdade, o amor à verdade. Cara nos é a pátria, a liberdade, mais cara; mas a verdade, mais cara de tudo.
Damos a vida pela Pátria. Deixamos a Pátria pela liberdade. Mas à Pátria e à liberdade renunciamos pela verdade. Porque este é o mais santo de todos os amores.
Os outros são da terra e do tempo. Este vem do céu e vai à eternidade…”

💚💛 Rui Barbosa

imagens do Pinterest

Distrofia Muscular de Duchenne

Trata-se de uma doença rara e degenerativa que leva a fraqueza muscular progressiva e incapacitante em longo prazo. Ela surge na infância e detectá-la precocemente e iniciar o tratamento multidisciplinar com rapidez faz toda diferença durante o curso da doença. Por isso, é muito importante conscientizar a todos para que fiquem atentos aos sintomas.

O olhar cuidadoso dos pais e dos profissionais de saúde sobre o desenvolvimento das crianças ajuda a melhorar a qualidade de vida do paciente

Distrofia Muscular de Duchenne

publicado originalmente em Veja saúde

Assista a “Chico Buarque – “Geni e o Zepelim” (Ao Vivo) – Na Carreira” no YouTube

🇧🇷 Geni e o Zepelim

De tudo que é nego torto
Do mangue, do cais, do porto
Ela já foi namorada

O seu corpo é dos errantes
Dos cegos, dos retirantes
É de quem não tem mais nada

Dá-se assim desde menina
Na garagem, na cantina
Atrás do tanque, no mato

É a rainha dos detentos
Das loucas, dos lazarentos
Dos moleques do internato

E também vai amiúde
Com os velhinhos sem saúde
E as viúvas sem porvir

Ela é um poço de bondade
E é por isso que a cidade
Vive sempre a repetir

Joga pedra na Geni
Joga pedra na Geni
Ela é feita pra apanhar
Ela é boa de cuspir
Ela dá pra qualquer um
Maldita Geni

Um dia surgiu, brilhante
Entre as nuvens, flutuante
Um enorme zepelim

Pairou sobre os edifícios
Abriu dois mil orifícios
Com dois mil canhões assim

A cidade apavorada
Se quedou paralisada
Pronta pra virar geléia

Mas do zepelim gigante
Desceu o seu comandante
Dizendo: Mudei de Idéia

Quando vi nesta cidade
Tanto horror e iniquidade
Resolvi tudo explodir

Mas posso evitar o drama
Se aquela formosa dama
Esta noite me servir

Essa dama era Geni
Mas não pode ser Geni
Ela é feita pra apanhar
Ela é boa de cuspir
Ela dá pra qualquer um
Maldita Geni

Mas de fato, logo ela
Tão coitada, tão singela
Cativara o forasteiro

O guerreiro tão vistoso
Tão temido e poderoso
Era dela prisioneiro

Acontece que a donzela
E isso era segredo dela
Também tinha seus caprichos

E a deitar com homem tão nobre
Tão cheirando a brilho e a cobre
Preferia amar com os bichos

Ao ouvir tal heresia
A cidade em romaria
Foi beijar a sua mão

O prefeito de joelhos
O bispo de olhos vermelhos
E o banqueiro com um milhão

Vai com ele, vai Geni
Vai com ele, vai Geni
Você pode nos salvar
Você vai nos redimir
Você dá pra qualquer um
Bendita Geni

Foram tantos os pedidos
Tão sinceros, tão sentidos
Que ela dominou seu asco

Nessa noite lancinante
Entregou-se a tal amante
Como quem dá-se ao carrasco

Ele fez tanta sujeira
Lambuzou-se a noite inteira
Até ficar saciado

E nem bem amanhecia
Partiu numa nuvem fria
Com seu zepelim prateado

Num suspiro aliviado
Ela se virou de lado
E tentou até sorrir

Mas logo raiou o dia
E a cidade em cantoria
Não deixou ela dormir

Joga pedra na Geni
Joga bosta na Geni
Ela é feita pra apanhar
Ela é boa de cuspir
Ela dá pra qualquer um
Maldita Geni

Joga pedra na Geni
Joga bosta na Geni
Ela é feita pra apanhar
Ela é boa de cuspir
Ela dá pra qualquer um
Maldita Geni

🇧🇷Fonte: Musixmatch

Compositores: Chico Buarque

imagens do Pinterest

Estudo mostra efetividade da vacina da AstraZeneca e da Coronavac

Meses após o início da vacinação contra o coronavírus, a diferença que os imunizantes fazem na vida real está ficando mais clara. Uma análise de cerca de 60 milhões de brasileiros que receberam as duas doses da vacina Vaxzevria, da AstraZeneca, e da Coronavac, concluiu que ambas apresentam proteção de ao menos 70% contra mortes e internações.

Os achados condizem com os de uma pesquisa anterior, feita pela Fiocruz. Outra revelação importante é que pessoas com mais de 90 anos tiveram respostas menos animadoras, o que já é esperado para essa faixa etária e pode interferir na campanha de prevenção da Covid-19.

estudo em pré-print (ainda não revisado por outros especialistas ou publicado em periódicos científicos) foi conduzido por pesquisadores das universidades federais da Bahia e de Ouro Preto (UFBA e UFOP), da Universidade de Brasília (UnB), da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), da London School of Hygiene & Tropical Medicine e da Fiocruz.

Dados de 60 milhões de brasileiros comprovam que os dois imunizantes contra Covid-19 funcionam, mas corroboram necessidade da terceira dose em idosos

Estudo mostra efetividade da vacina da AstraZeneca e da Coronavac

publicado originalmente em Veja saúde