Assista a “Microcefalia: 5 anos depois, a vida de família transformada pela zika” no YouTube

❤️ Querendo uma linda história do mais puro amor para iluminar seu dia e aquecer seu coração?

Conheçam o Gabriel,e como ele e sua família estão fazendo a diferença na vida de tantas outras …

É a vitória do espírito humano ❣️

imagens do Pinterest

Grande Magia ✨🧚‍♂️

Uma música suave para ouvir

Um incenso de canela

Aquele cantinho querido

A natureza dá seu toque

Flores lindas na janela

Mentalize vida e luz

No dia,na tarde,à noite …

…esse mundo é uma tela

Basta tão pouco pra sentir

Tão simples agradecer

Sem palavras ou cerimônia

Só teu espírito em sintonia

Tudo flui,tudo vai,tudo anda

Coloca teu pulsar em harmonia

Preencha de amor o entorno

Acredita no bem e em ti…

…esse é o segredo…

Nunca falha, não tem erro

Teu coração é teu guia

Tua alma já conhece

Todos os caminhos do Universo

Coloque em prática o presente

Eis aí a Grande Magia !✨🧚‍♂️

imagens do Pinterest

Variante Lambda: o que sabemos sobre ela até agora?

Enquanto o mundo observa o avanço da variante Delta do Sars-CoV-2, o vírus da Covid-19, uma outra variante, a Lambda, também tem chamado a atenção. Detectada pela primeira vez no Peru, em dezembro do ano passado, ela é responsável, hoje, por 80% dos casos da doença por lá – além de ter se espalhado para outros 30 países.

Atualmente, a variante Lambda preocupa especialistas e autoridades, principalmente em territórios da América do Sul – e uma série de estudos tem sido feita para descobrir mais detalhes sobre a nova cepa – e o que esperar dela.

A nova cepa do coronavírus surgiu no final de 2020 e, desde então, tem se espalhado pela América do Sul. Saiba quais os possíveis riscos que ela oferece – e se as vacinas atuais podem nos proteger.

Variante Lambda: o que sabemos sobre ela até agora?

publicado originalmente em superinteressante

Assista a “ASSALTO EM ARAÇATUBA E O NOVO CANGAÇO!” no YouTube

O país mergulhado em tragédia, caos e fome…e um sujeito que manda a população substituir feijão por fuzil.

Impressão minha ou esse tipo de atitude e declaração têm cada dia mais incitado e facilitado essas operações criminosas?

Henry Bugalho em uma excelente análise!

imagens da internet

Rio Tietê é visto com água preta no interior de SP

A tonalidade da água no trecho do rio Tietê que passa pela cidade de Salto, no interior de São Paulo, preocupou os moradores neste domingo (29).

Em imagens gravadas e enviadas à TV TEM, um dos moradores diz que a água “parece petróleo”.

Apesar de ser impressionante, não é a primeira vez que as águas do Tietê ficam nessa cor. Em 2017 e 2014 o mesmo fenômeno foi registrado e cerca de 40 toneladas de peixes morreram.“A água estava parecendo piche, asfalto derretido. Muito feia a situação”, contou uma moradora em 2014.

‘Parece petróleo’, descreve um dos moradores da cidade de Salto

Rio Tietê é visto com água preta no interior de SP

publicado originalmente em Veja

Como resgatar a relação saudável com a comida

Depois do best-seller O Peso das Dietas, da Editora Sextante (clique aqui para comprar), Sophie Deram volta às livrarias com Os 7 Pilares da Saúde Alimentar (clique aqui para comprar). E logo nas primeiras páginas avisa: “Se você acha que ‘fechar a boca e malhar’ é a fórmula mais eficiente para ter saúde e emagrecer, estou aqui para convencê-lo a rever esse conceito”.

A nutricionista, que tem doutorado com foco em obesidade e genética, trata de desfazer na obra confusões sobre o que é uma alimentação saudável, fala sobre a importância de comer sem culpa e explica por que defende que não se deve fazer dietas. “Elas aumentam a vontade de comer e o risco de engordar, além de prejudicarem a relação com o alimento”, justifica.

Exercitar o autoconhecimento para ter o controle da fome e desenvolver habilidades para lidar com as emoções sem descontar tudo no prato: eis algumas das reflexões propostas por Sophie a quem busca uma reconexão com as refeições.

Em novo livro, nutricionista apresenta manual para fazer as pazes com os alimentos e com o próprio corpo

Como resgatar a relação saudável com a comida

publicado originalmente em Veja saúde