Assista a “O PRESIDENTE, A FRAUDE NAS URNAS E O ACUPUNTURISTA DE ÁRVORES” no YouTube

Hã hã, fraudaram as urnas,sim!

É a única explicação para um ser tão diminuto intelectualmente estar ocupando a cadeira de presidente…

Sim, Bolsonaro…faz todo sentido, pensando bem!

Meteoro Brasil na área!

imagens da internet

Rigidez

Há algo de antinatural

Um quê de bizarro, é estranho

O Universo … mudança

O existir … surpreendente

Certas pessoas, porém

Insistem em teimar diferente

Carregam problemas alheios

Discutindo coisas sem nexo

Buscando encontrar culpados

Tropeçam rígidos, enclausurados …

…na cela da própria mente

Expanda o teu eu

Evolua, explore, alcance

É no agora que tudo ocorre

A existência és tu , é hoje

É bela, é tênue, é fera

É isso e mais,dia,ano, mês

Só não é egoísmo, fanatismo

Rigidez..

imagens do Pinterest

NEY MATOGROSSO, PARA O MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA

🌹O Viajante

Eu me sinto tolo como um viajante
Pela tua casa, pássaro sem asa, rei da covardia
E se guardo tanto essas emoções nessa caldeira fria
É que arde o medo onde o amor ardia
Mansidão no peito trazendo o respeito
Que eu queria tanto derrubar de vez
Pra ser teu talvez, pra ser teu talvez
Mas o viajante é talvez covarde
Ou talvez seja tarde pra gritar que arde no maior ardor
A paixão contida, retraída e nua
Correndo na sala ao te ver deitada
Ao te ver calada, ao te ver cansada, ao te ver no ar
Talvez esperando desse viajante
Algo que ele espera também receber
E quebrar as cercas com que insistimos em nos defender
Eu me sinto tolo como um viajante
Pela tua casa, pássaro sem asa, rei da covardia
E se guardo tanto essas emoções nessa caldeira fria
É que arde o medo onde o amor ardia
Mansidão no peito trazendo o respeito
Que eu queria tanto derrubar de vez
Pra ser teu talvez, pra ser teu talvez

Compositora: Thereza Tinoco

imagens do Pinterest

Os detalhes da quarta volta ao mundo da Família Schurmann, que acaba de preparar veleiro no Guarujá

“Como é que é chemistry (química) mesmo em português?”, pergunta Wilhelm, 45, enquanto explicava para a reportagem o funcionamento das baterias que armazenam energia do veleiro da família brasileira famosa por realizar voltas ao mundo em alto-mar. Os Schurmann costumam trocar a língua oficial da embarcação com a mesma frequência com que mudam de endereço: são fluentes em espanhol, inglês e francês e emendam diálogos em palavras estrangeiras com normalidade, o que soa estranho para quem não está acostumado. Vilfredo, 72, e Heloísa, 75, são as âncoras, e Wilhelm, David, 47, e Pierre, 53, os filhos: eles se encontraram no último domingo (25) na sede do Guarujá do Iate Clube de Santos, no litoral paulista, para comemorar o aniversário do caçula e acompanhar os últimos retoques no veleiro, que está em fase final de preparação para a próxima expedição em alto-mar da família.

Expedição, que ganhará quadro no “Fantástico” e custará 15 milhões de reais, terá o lixo nos oceanos como tema

Os detalhes da quarta volta ao mundo da Família Schurmann, que acaba de preparar veleiro no Guarujá

publicado originalmente em Veja