Você odeia o barulho de gente comendo? Cientistas podem ter descoberto por quê.

Para algumas pessoas, sentar-se à mesa para comer com familiares e colegas pode ser um grande desafio. Os sons de respiração, mastigação e deglutição parecem inofensivos, mas são capazes de tirar do sério aqueles que sofrem com a chamada misofonia – condição que causa uma reação negativa aos sons.

A misofonia não é só uma palavra bonitinha para descrever quem se irrita com quem devora um pacote de salgadinhos de boca aberta. É coisa série, e as pessoas que vivem com o problema tendem a ficar extremamente irritadas ao ouvir qualquer barulhinho do dia a dia, tendo desde enjoos até comportamentos agressivos. 

De acordo com uma nova pesquisa, o problema pode estar ligado a um bug nas regiões do cérebro responsáveis pelo processamento de sons e dos movimentos da boca e da garganta. Entenda.

Você odeia o barulho de gente comendo? Cientistas podem ter descoberto por quê.

publicado originalmente em superinteressante

Os mistérios da vida: O poder do Huaca

Por: Priscila Gorzoni

As mumificações incas

Assim como os outros povos mesoamericanos, os incas eram altamente religiosos. Todo o seu cotidiano e relação com a vida se vinculavam a sua religiosidade. Cultuavam vários deuses e tinham uma ligação bem curiosa com a morte. Acreditavam que a vida continuava após ela. Por isso mantinham o costume […]

Os mistérios da vida: O poder do Huaca

publicado originalmente em o baú do folclore

Jair Bolsonaro reinaugura ponte de madeira de 18 m, e acena para o vazio em uma típica encenação bolsonarista

Em meio à escalada da violência de garimpeiros contra comunidades indígenas,  O PRESIDENTE Jair Bolsonaro (sem partido) saiu de Brasília, viajou cerca de 2.800 km para reinaugurar a ponte Rodrigo e Cibele entre o município de São Gabriel da Cachoeira e uma comunidade indígena no estado do Amazonas, mais precisamente na fronteira com a Venezuela e […]

Jair Bolsonaro reinaugura ponte de madeira de 18 m, e acena para o vazio em uma típica encenação bolsonarista

publicado originalmente em blog do pedlowski

Imagens deste 29 de maio do Fora Bolsonaro no Brasil e no mundo

Agora,vai! Fé meus amigos,a justiça e o bom senso hão de prevalecer ! É esperar as críticas pelo aglomero…a velha hipocrisia com certeza mostrará as garras sujas …a direita pode ,a esquerda é terrorista,e blá, blá, blá…

FORA BOLSONARO!

Imagens deste 29 de maio do Fora Bolsonaro no Brasil e no mundo

publicado originalmente em blog do pedlowski

Velhas e novas magias 🧚✨✨

Sim,a magia está no ar.

Sempre esteve e estará

Onde houver fé, sorrisos

Céu aberto,amor prá dar

Borboletas e fadas de dia…

Vagalumes e luar .

Há magia em toda parte

Feche os olhos,abra a mente

O mundo é uma obra de arte

Onde a chama das ideias

Arde sempre, eternamente

Sinta a mágica, solte a alma

Transmute a energia …

Prá reiniciar o sistema,

Pule,grite,sorria !

O que nos anima,

É o mesmo ontem e hoje

É uma fagulha do infinito

Que mora aqui dentro do peito

Basta querer,acene …vai lá !

A velha e a nova magias

Estão aqui, ali, acolá

Um suspiro,um sorriso

E …voilà ! ✨🧚

imagens do Pinterest

Assista a “ALGO ESTÁ PARA NASCER?? Trecho da entrevista de MARCELO GLEISER com LÚCIA HELENA” no YouTube

Será que a pandemia e os acontecimentos atuais irão impactar na maneira como a humanidade se comporta em sociedade?

Vamos sair melhores dessa?

A Professora Lúcia Helena Galvão conversa com Marcelo Gleiser em uma entrevista reveladora…

imagens do WordPress

Ataques a indígenas munduruku escancaram avanço do garimpo ilegal — Ecoamazônia

O professor Pedro Luiz Côrtes explica que os principais impactos da prática ilegal do garimpo aparecem ambiental e socialmente No fim de maio, territórios indígenas munduruku registraram ataques de garimpeiros ilegais. A casa de uma liderança indígena foi incendiada no município de Jacareacanga, no Pará. Os ataques acabam fazendo parte de um contexto de expansão… Ataques […]

Ataques a indígenas munduruku escancaram avanço do garimpo ilegal — Ecoamazônia

publicado originalmente em Bárbara Crane Navarro