Em carta, Einstein antecipou descoberta sobre a sensibilidade magnética de animais

O texto escrito pelo físico alemão estava perdido desde 1949. A magnetorecepção, usada por aves migratórias, só começou a ser discutida décadas depois.

18 de outubro de 1949. Albert Einstein se senta em uma escrivaninha para responder a uma carta do colega engenheiro Glyn Davys, que escrevia sobre como a percepção dos animais poderia nos revelar algo sobre o mundo físico. Einstein responde: “É possível que a pesquisa sobre o comportamento de aves migratórias e pombos-correio possa um dia levar à compreensão de algum processo físico ainda desconhecido”.

Em carta, Einstein antecipou descoberta sobre a sensibilidade magnética de animais

publicado originalmente em superinteressante

Pesquisa identifica pegadas de dinossauros no Mato Grosso do Sul

A descoberta levou os pesquisadores a reclassificar a formação geológica da região. As pegadas pertencem a dois tipos de dinossauros diferentes.

Uma pesquisa de campo realizada na cidade de Nioaque, no Mato Grosso do Sul, revelou a presença de pegadas de dinossauros que caminharam na região há 140 milhões de anos. Os cientistas do Serviço Geológico do Brasil e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) ainda encontraram fósseis de um animal vertebrado dentro de uma toca fossilizada. Os resultados foram publicados no Journal of South American Earth Sciences.

Pesquisa identifica pegadas de dinossauros no Mato Grosso do Sul

publicado originalmente em superinteressante

MPS tipo 2: atenção aos sinais

Aumentar o conhecimento em relação à doença auxilia no diagnóstico precoce.

A mucopolissacaridose (MPS) tipo 2, também conhecida como síndrome de Hunter, é uma doença genética rara que atinge uma em cada 162 000 pessoas, ¹ afetando quase exclusivamente indivíduos do sexo masculino. A doença aparece, geralmente, na primeira infância² e ocorre por conta da falta de atividade da enzima chamada iduronato-2-sulfatase (I2S).³

MPS tipo 2: atenção aos sinais

Meteorito que sobreviveu a incêndio será exposto no Planetário da Gávea

O espaço reabre neste sábado (15), com visitação das 10h às 17h. O meteorito Santa Luzia, com quase duas toneladas, era uma das peças do Museu Nacional.

Com quase duas toneladas, o meteorito Santa Luzia, segundo maior do país, ganha exposição no Planetário do Rio no sábado (15). Sobrevivente do incêndio do Museu Nacional, em 2018, o objeto será destaque na área externa do espaço.

Meteorito que sobreviveu a incêndio será exposto no Planetário da Gávea

publicado originalmente em Veja

Assista a “Zélia Duncan – Catedral (Ao Vivo)” no YouTube

✨✨ Catedral

O deserto
Que atravessei
Ninguém me viu passar
Estranha e só
Nem pude ver
Que o céu é maior
Tentei dizer mas vi você
Tão longe de chegar
Mas perto de algum lugar

É deserto
Onde eu te encontrei
Você me viu passar
Correndo só
Nem pude ver
Que o tempo é maior
Olhei pra mim
Me vi assim
Tão perto de chegar
Onde você não está
No silêncio uma catedral
Um templo em mim
Onde eu possa ser imortal
Mas vai existir
Eu sei
Vai ter que existir
Vai resistir nosso lugar
Solidão
Quem pode evitar
Te encontro enfim
Meu coração é secular
Sonha e deságua
Dentro de mim
Amanhã devagar
Me diz
Como voltar

Se eu disser
Que foi por amor
Não vou mentir pra mim
Se eu disser
Deixa pra depois
Não foi sempre assim
Tentei dizer
Mas vi você
Tão longe de chegar
Mas perto de algum lugar…

🌷Compositor: Tanita Tikaran; versão: Zélia Duncan

imagens do Pinterest

Grilagem e garimpo ilegal levam desmatamento e fogo para terras indígenas na Amazônia — Ecoamazônia

A área registrada ilegalmente como propriedade rural particular dentro de terras indígenas (TIs) da Amazônia cresceu 55% entre 2016 e 2020, mostra estudo inédito lançado hoje (30) pelo IPAM (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia). O número de Cadastros Ambientais Rurais (CAR), registros autodeclarados de imóvel rural, e que não podem ser feitos nesses territórios, […] […]

Grilagem e garimpo ilegal levam desmatamento e fogo para terras indígenas na Amazônia — Ecoamazônia

publicado originalmente em Bárbara Crane Navarro

%d blogueiros gostam disto: