Pela primeira vez, pesquisadores descobrem múmia egípcia grávida

Estudos baseados no corpo embalsamado podem ajudar cientistas a compreender os cuidados pré-natais do passado.

No século 19, uma múmia foi doada à Universidade de Varsóvia, na Polônia, e guardada no Museu Nacional da capital. Por muito tempo, pesquisadores acreditaram que aquele corpo pertencia a uma mulher, mas não foram feitos muitos estudos e a figura misteriosa foi deixada de lado. Um século depois, cientistas resolveram estudar o caixão e acabaram decifrando os escritos do sarcófago. Havia ali o nome de um homem, o provável falecido.

Pela primeira vez, pesquisadores descobrem múmia egípcia grávida

publicado originalmente em superinteressante

2 respostas para “Pela primeira vez, pesquisadores descobrem múmia egípcia grávida”

Deixe uma resposta para magicamistura Cancelar resposta