Leitura de um coração…

O que vai dentro do teu coração?

Se é que tens um…

Nada de misericórdia

Nenhum pudor em mentir

Tentar a todo ,

Qualquer custo,

Romper laços

Desfazer relações

Deixar atrás de si

Um séquito de cegos

Cabeças feitas

Almas vazias…que negam o Cristo

Não, não em palavras

Palavras têm em abundância

Negam o Cristo

Em ações, atitudes mesquinhas

De soberba, ignorância,falta de compaixão

O que tens dentro de ti?

Que permites que te idolatrem

Quando quem tem de sobressair

São atos de amor e bondade

Não as migalhas irônicas

Que lanças a quem se esconde

Atrás da tua “verdade”…

O que vai no teu coração?

Que não vês que Aquele que tudo vê

Observa…pois sabe,

Que toda ação têm reação

E quem tem o “poder” nas mãos

E se omite no socorro,

Na compaixão,

Colherá o que planta

Quando novamente a liberdade ,

Banhada de alívio,voltar …

Radiante e verdadeira

A nossa Terra inundar.✨✨

Assista a “Cássia Eller & Nando Reis – Relicário” no YouTube

Relicário ✨🌻

É uma índia com colar
A tarde linda que não quer se pôr
Dançam as ilhas sobre o mar
Sua cartilha tem o A de que cor?

O que está acontecendo?
O mundo está ao contrário e ninguém reparou
O que está acontecendo?
Eu estava em paz quando você chegou

E são dois cílios em pleno ar
Atrás do filho vem o pai e o avô
Como um gatilho sem disparar
Que invade mais um lugar
Onde eu não vou

O que você está fazendo?
Milhões de vasos, nenhuma flor
Oh uô uô, o que você está fazendo?
Um relicário imenso deste amor

Corre a lua porque longe vai?
Sobe o dia tão vertical
O horizonte anuncia com o seu vitral
Que eu trocaria a eternidade por esta noite

Porque está amanhecendo?
Peço o contrario, ver o sol se pôr oh uô uô uô
Porque está amanhecendo?
Se não vou beijar seus lábios quando você se for

Quem nesse mundo faz o que há durar
Pura semente dura o futuro amor
Eu sou a chuva pra você secar
Pelo zunido das suas asas você me falou

E o que você está dizendo?
Milhões de frases, nenhuma cor, ôô
O que você está dizendo?

Uh huh
Um relicário imenso deste amor

O que você está dizendo?
O que você está fazendo?
Por que que está fazendo assim?
Está fazendo assim?Está fazendo assim?Está fazendo assim?

Fonte: LyricFind

Compositores: Jose Fernando Gomes Dos Reis

Letra de Relicário © Warner Chappell Music, Inc

Lutas…por São Francisco de Assis ✨🌻

“Todos somos candidatos à tranquilidade imperturbável, mas, para tanto, temos de lutar e vencer a mais dura das batalhas, na guerra com nós mesmos, que carece de vigilância permanente para eliminar os inimigos que muito conhecemos: o ódio, a inveja, o ciúme, a discórdia, a maledicência, a vingança, o orgulho, o egoísmo… São frentes de lutas que devemos travar para vencer a nós mesmos e conhecer o terreno sagrado do nosso coração.”

São Francisco de Assis

Assista a “Luiz Melodia canta Gente Humilde” no YouTube

GENTE HUMILDE 🌻

Tem certos dias
Em que eu penso em minha gente
E sinto assim
Todo o meu peito se apertar
Porque parece
Que acontece de repente
Feito um desejo de eu viver
Sem me notar
Igual a como
Quando eu passo no subúrbio
Eu muito bem
Vindo de trem de algum lugar
E aí me dá
Como uma inveja dessa gente
Que vai em frente
Sem nem ter com quem contar

São casas simples
Com cadeiras na calçada
E na fachada
Escrito em cima que é um lar
Pela varanda
Flores tristes e baldias
Como a alegria
Que não tem onde encostar
E aí me dá uma tristeza
No meu peito
Feito um despeito
De eu não ter como lutar
E eu que não creio
Peço a Deus por minha gente
É gente humilde
Que vontade de chorar

🌻

Fonte: LyricFind

Compositores: Francisco Buarque De Hollanda

O mal entre nós 💜

Que aconteceu conosco!?

Praias lotadas

Hospitais idem

Barzinhos bombando

UTIS sem vagas

Gente aglomerada

Oxigênio em falta

Pobre com fome

Picanha “de graça”

Gente desesperada

Doce superfaturado

Pelo amor de Deus

Fiquem em casa

Mas o “mestre” vai a praia

Mentir, pisar, moer

Nossa dignidade

Nossa chance de sorrir

A força de viver…

Que aconteceu conosco?

Que deixamos o mal entrar

Que agora assistimos mudos

Parecendo aguardar feito ovelhas

Ou gado…

O “golpe” final que se assoma

Despertemos!

Se não por nós,

Pelas crianças,os miseráveis

Os pequenos…

🌻