Tormenta

Tormento… que se torna tormenta

E é justo neste momento que começa a clarear
Os sentimentos se tornam mais nítidos,mais vívidos…
Posso então raciocinar,medir,avaliar
Perdas e ganhos pesados como  nunca antes…
Riscos e incertezas, alegrias e dores
Paga a pena esperar?Ainda há o que almejar?
O tempo urge, célere e impiedoso
Tanto a fazer, tanto a falar…
Deixo a tormenta tomar forma
E dessa forma me reconstruo,me reencontro
Final e eternamente